Jogos da Minha Vida

DICA: Não leia via feed. Risco de perder a formatação

Toda minha vida foi marcada por eventos nerds que envolviam – mas não se limitavam a – vídeo-games, computadores, cinema e música. De todos esse troços, devo admitir que o que mais me divertia – de longe – eram os vídeo-games.

A sensação de ir na loja do shopping com uma enorme esperança de sair carregando aquela fita que você queria tanto, era única. Você nunca tinha certeza sobre o sucesso da aventura, mas você jogava todas as suas fichas, que na maioria das vezes persuadiam seu pai a comprar.

Pensando nisso, e em todos os jogos que me fizeram soltar a clássica frase de admiração (Nossa!), resolvi listá-los, de forma a compartilhar uma parte da minha vida com você, “leitor”.

Super Mario World

Poucos jogos conseguiram fazer o que o pequeno Mario pixelado conseguiu. Destruir totalmente minha vida social por MESES. E se você quer saber, meses muito bem gastos.

A história era simples, Mario, Luigi e Peach (que na época era conhecida como Princesa Toadstool) foram passar férias na terra dos dinossauros. Aproveitando o momento de descontração, Bowser, como sempre, seqüestra a princesa e espalha seus filhos pelos mundos, aprisionando os Yoshis. Cabe então a Mario (e Luigi, no multyplayer) recuperar os Yoshis e salvar a princesa.

O interessante do jogo é o equilíbrio de dificuldade. Nenhuma fase é, digamos, “impossível”, levando o jogador a continuar tentando por horas seguidas. O limite de vidas também é muito desafiador.

Download: Aqui

Star Fox

Esse jogo me mostrou, pela primeira vez, o que era um jogo 3D. Era simplesmente impressionante olhar pro meu querido Super Nintendo (do meu amigo, na verdade) e imaginar que aquele monte de plástico produzia aqueles gráficos.

Levamos um tempo até nos acostumar com aquela perspectiva, mas depois de um certo treino, tudo começou a fluir lindamente. Se hoje eu sei jogar jogos (do’h) 3D, foi graças a esse jogo.

A história não comprometia, na verdade ela servia como pretexto pro jogo. Fox McCloud e seu time deveriam defender seu mundo Corneria contra o ataque das forças Andross, que eram os malvados.

Download: Aqui

Mario 64

“Meu Deus do céu, quidiabéisso”, essa foi minha reação ao ver fotos de Mario 64 na Nintendo World. E se só pelas fotos eu já estava quase tendo um orgasmo, ao por a mão no cartucho e pluga-lo no meu console, eu senti que aquelas horas jogando Starfox serviriam de alguma coisa.

Imagina que Mario 64 tenha sido o precursor do uso do analógico nos vídeo-games. Acontece que este foi um precursor brilhante, ao contrário de outros “primeiros” – como o primeiro jogo baseado em Matrix (Enter the Matrix), o primeiro jogo de Superman (Superman 64), entre outros.

A história era simples, Peach convidou Mario pra comer um bolo em seu castelo (Bolo… Sei…), mas, ao chegar, Mario descobre que (adivinhem!) Bowser tinha seqüestrado a princesa e escondido as estralas do poder dentro de quadros. Cabia, então, a Mario resgatar as estrelas e, por conseqüência, a princesa.

Mario 64 foi o primeiro jogo a deixar a câmera a controle total do jogador, sendo que a câmera era carregada por outro personagem, só visível ao se olhar no espelho ou nas (raríssimas) cutscenes.

Download: Aqui

Warcraft III

Primeiro jogo de estrategia que eu joguei. No meu “fortíssimo” Pentium III o jogo rodava à pouco mais de 15FPS, mas eu já me divertia muito.

A premissa do jogo era fundar um acampamento e destruir seu inimigo antes que ele faça o mesmo com você, basicamente. O que dava graça ao jogo era o balanceamento preciso, que tornava as batalhas emocionantes, forçando o jogador a usar o seu cérebro – ou o que restou dele, após tanta exposição a raios maléficos.

A história é realmente profunda, não entrarei em detalhes, mas basicamente trata-se duma guerra entre Orcs, Humanos, Elfos Noturnos e Mortos-vivos. Cada um defendendo sua visão de mundo, não existindo um certo ou errado, como nos RPGs. (Mais informações, aqui)

Download: Não disponível ):

Grand Theft Auto III

Não sei você, mas a idéia de estar livre pra fazer o que quiser num jogo era estranha pra mim. Quer dizer, eu mal conseguia me conter de vontade de jogar GTA I e II, coisa que fiz no PlayStation One, mas sempre me decepcionei, não consegui me encantar com aquele jogo.

Tudo mudou com a chegada do meu primeiro console Sony, o Playstation 2. Nunca vou me esquecer do dia em que coloquei GTA III na gaveta e torci pra funcionar, coisa que fazia sempre, nunca confiei em cópias piratas.

Bom, funcionou, e novamente fiquei impressionado, mas, desta vez, não consegui parar de jogar por MUITO tempo.

Download: GTA I | GTA II

SimCity

Eu sempre sonhei em criar um cidade. Sonho que enganava com pecinhas de lego e amigos obrigados a ser moradores-bonecos. Isso até meu aniversário de nove anos, quando tomei conhecimento de SimCity 2000.

Transformei a vida de meus pais em um inferno até o dia em que adquiri o jogo. E esse dia foi muito feliz, eu diria.

Chegando em casa, chamei meus amigos não-nerds, que, sabe se Deus porquê, não apreciaram o jogo como eu. Mas não me importei, só continuei jogando sozinho, enquanto eles jogavam outros jogos no meu N64, em especial o…

Download: Aqui

The Legends of Zelda: Ocarina of Time

Isso, meu amigo, foi a coisa mais viciante que eu já ouvi falar – depois, claro, da cocaína e do chocolate -, vá por mim.

Não vou contar a história aqui, seria uma afronta contar uma história tão grandiosa em quatro ou cinco linhas, deixarei um link, aqui, pra você conhecer tudo sobre essa lenda.

Bom, o jogo é brilhante principalmente porque usa com maestria todos os sistemas criados para Mario 64. E ainda os aperfeiçoou, criando o Z-target, que funciona – como você deve saber – como uma mira fixa no inimigo/placa/pessoa, ao apertar o gatilho Z.

Download: Aqui

Spore

Comecei a jogar hoje e, devo confessar, foi muito difícil parar pra escrever este texto. Vou contar um pouquinho sobre esse jogo.

Acordei meio dia e fui correndo até o shopping com dinheiro contado pra voltar pra casa com o jogo. E assim o fiz. Mas nada é tão fácil pra mim, como você deve saber.

Cheguei em casa e, enquanto instalava o jogo, a luz fez o favor de cair, me fazendo começar tudo de novo, não sem antes passar horas procurando as chaves de registro que impedem o jogo de ser instalado novamente.

Enfim, em Spore, você controla uma forma de vida durante todo o processo evolucionário, começando como um ser vivo unicelular e tendo que procurar comida para crescer e, futuramente, ir para terra.

Na terra, você poderá caçar e formar aliança com outras tribos, e foi ai qe eu parei. Voltarei a jogar daqui a pouco, e acho que ele renderá um post por aqui.

Download: Não Disponível ):

******

Gostou? Discordou? Quer ser o primeirão? Então comente, porque aqui pode D:

Anúncios

9 Respostas para “Jogos da Minha Vida

  1. Pouha meu. Mario 64? 😐

  2. De fato, todos bons jogos :3
    aliás, terceiro o/

  3. Tem o Spore no mininova.org. Pelo menos ontem ainda tinha.

    Nem sei se foi esse o Zelda que eu tive orgasmos durante ANOS jogando. É aquele que o pai do Link morre, dai ele tem que pegar as 3 esmeraldas, depois lutar com o mestrão e ir pra outro mundo? Anyway, ESSE É O MELHOR. Sério. É perfeito.

    Tou baixando Sin City, séééculos sem jogar T_T mó saudade.

    E não achei a MENOR GRAÇA no Spore. Sério, me parece ser tão .. chatinho. D:

  4. Quarto 😀

    E agora quinto, rs.

    TOP 10, TOP 10

    VOU CANCELAR O ENCONTRO COM MINHA NAMORADA INEXISTENTE PRA FESTEJAR O TOP 10. -n

  5. @Almeida
    Eu não coloquei o download dos jogos mais novo. Se quer o jogo é só ir nos trackers da vida e pegar.

  6. aahsuashuashusahuashua

    pod cree esses foram jogos fodas de mais, mas ainda (na minha opinião) falto :
    007 golden eye n64
    def jan: fight for ny ps2
    missão impossível n64
    pokêmon yellow gbc

    entre outros…

    hsausahuhauashu

  7. todos jogos muito fodas, star fox nao vou nem comentar me fez perde toda minha vida social XD , mas acho q faltou o primerao e o melhor
    super mario bros 1 , aquele pro nintendo 8 bits aqui no brasil conhecido como phantom system

  8. @marcos
    Eu comecei minha vida gamer no snes. Não tive muito contato com o nes ):

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s