Arquivo da tag: 2008

Blog Day

Você deve saber que domingo (31/08) foi o Blog Day, e, como é tradição, os blogueiros indicam cinco blogs que lêem. Eu, como sempre, estou atrasado, mas vamos lá, meus cinco blogs favoritos.

Hoje é um Bom Dia: Se o Suco de Laranja existe hoje, é graças a esse blog, que me inspirou a manter minha característica de escrever textos engraçados (?) e divulgá-los.

Geek in The Pink: Um blog com textos engraçados sobre a infância e adolescência de um geek comum. Gosto bastante da forma que o Almeida escreve.

A Grande Abóbora: Blog com ótimos textos e que, ultimamente, tem promovido ótimas discussões sobre às religiões.

Baka no Hon: ótimo blog, textos sobre a vida conturbada de Vinik e Aag garantem ótimas risadas. Anda meio parado, mas vai voltar, mais cedo ou mais tarde.

The Boredom Club: Blog com textos muito bons, comecei a ler a pouco tempo, mas já me tornei um leitor fiel. Tirando os posts emos, é claro.

Perder…

Por motivos que nunca pude compreender, minha habilidade com uma bola de futebol sempre foi terrível, como você deve ter notado quando percebeu que eu tinha um blog, mas isso nunca me impediu de tentar a todo custo ganhar de um garoto do meu prédio, o Otto.

Era incrível, eu e meus escravos sexuais amigo passávamos a tarde toda treinando, inventando táticas idiotas para, quando o Otto chegasse da escola, pudéssemos jogar de igual pra igual.

Mas toda vez era igual, reuníamos em quatro ou cinco, o Otto jogava SOZINHO, é, isso mesmo, o menino jogava contra uma horda de pré-adolescentes raivosos, e o pior, ele ganhava. Sempre.

Vocês, senhores que eu ouso chamar de leitores, devem estar se perguntando onde eu quero chegar com essa história. Bom, eu não me importo com detalhes idiotas como perder leitores, então vou continuar minha história até chegar onde tenho que chegar.

Uma vez pedimos pra duas meninas ficarem torcendo pra gente. Na nossa cabeça aquilo faria alguma diferença e, finalmente, ganharíamos. Então, lá vamos nós, cinco garotos contra o Otto. Começou o jogo, as duas garotinhas lá pulando, mal sabem o que vai acontecer a seguir, fizemos um gol, parecia que ia dar certo, afinal. Engano, e dos grandes, em cinco minutos o Otto virou o jogo, oito a um. Meu Deus.

As duas meninas, cansadas de ver nossa goleada, rasgaram os cartazes que tinham feito, e começaram a gritar o nome do Otto. Owned.

Bom, conclusão, não é porque você tem a maior delegação, que você vai ganhar mais medalhas. E o povo devia tomar vergonha na cara e começar a torcer pra Rússia.

Update: Agora também estou escrevendo no Baka no Hon. Entrem lá (:

O que vocês fizeram com o Orkut?!

Estou acostumado com esses “fru-frus” do google. Até gosto dos logos especiais de feriado. Acho legal as brincadeiras de primeiro de abril, quem não se lembra do Yogurt?

Mas tudo tem limite, senhor Google. Quando entro no meu perfil hoje vejo isso:

Meudeusdocéu, bahianagem pouca é bobagem.